Resenha: Educação Bilíngue no Brasil: reflexões a partir da práxis

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18593/r.v48.30086

Palavras-chave:

Educação Bilíngue, Bilinguismo no Brasil, Educação Escolar, Linguística Aplicada

Resumo

Publicada em 2021, a obra organizada por Antonieta Megale tem seu fio condutor guiado pelo senso questionador de como se fazer uma Educação Bilíngue no Brasil, considerando as dimensões da realidade escolar, sobretudo, a partir do contexto de pandemia do Covid-19. Partindo de reflexões e experiências de docentes e pesquisadores do bilinguismo, além de prefácio e introdução, o livro conta com oito capítulos que abordam questões como a multiculturalidade, o ensino, a aprendizagem, a avaliação, a consciência fonológica dentre outros aspectos que perpassam a práxis bilingue na escola. Com farta problematização sobre o tema, mas, em igual medida, em proposições didáticas, Educação Bilíngue: como fazer? constitui-se como leitura imprescindível dentro de sua área, ao propor um debate localizado sob a conjuntura e especificidades latino-americana e brasileira, e guiado por um olhar crítico da Linguística Aplicada e da Educação sobre a aprendizagem de línguas estrangeiras na perspectiva do direito linguístico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patricia Ferreira Miranda, Universidade Federal de Rondônia

Mestra em Psicologia, Doutoranda pela Universidade Federal de Rondônia: Porto Velho, RO, BR

Marli Lúcia Tonatto Zibetti, Universidade Federal de Rondônia

Doutora e Mestra em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano (PSA/USP). Professora do Departamento de Psicologia (DEPSI) da UNIR, do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (PPGPsi/UNIR) e do Programa de Pós-Graduação Profissional em Educação Escolar (PPGEEProf/UNIR). E-mail: marlizibetti@unir.br. Orcid: https://orcid.org/0000-0003-3939-5663.

Débora Ferreira da Silva Feitosa, Universidade Federal de Rondônia

Mestra em Psicologia (PPGPSI/UNIR). Doutoranda \\\\\em Educação Escolar (PPGEEProf) na Universidade Federal de Rondônia (UNIR). E-mail: deborafsf@gmail.com. Orcid: https://orcid.org/0000-0001-5902-8153.

Referências

MEGALE, Antonieta (org.). Desafios e práticas na Educação Bilíngue. São Paulo: Fundação Santillana, 2020.

MEGALE, Antonieta (org.). Educação Bilíngue no Brasil. São Paulo: Fundação Santillana, 2019.

MEGALE, Antonieta (org.). Educação Bilíngue: como fazer? São Paulo: Fundação Santillana, 2021.

Downloads

Publicado

24-07-2023

Como Citar

MIRANDA, P. F.; ZIBETTI, M. L. T.; FEITOSA, D. F. da S. Resenha: Educação Bilíngue no Brasil: reflexões a partir da práxis. Roteiro, [S. l.], v. 48, p. e30086, 2023. DOI: 10.18593/r.v48.30086. Disponível em: https://periodicos.unoesc.edu.br/roteiro/article/view/30086. Acesso em: 10 dez. 2023.

Edição

Seção

Resenha