Tempos de pandemia: quando os frágeis sintomas de inclusão se transformam em sinais de exclusão

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18593/r.v47.27101

Palavras-chave:

Pandemia, Covid-19, Inclusão, Equidade, Desigualdades

Resumo

Esta narrativa considera as contradições entre os discursos de inclusão e as desigualdades sublinhadas pela pandemia. O relato baseia-se em informação recolhida, essencialmente, em textos na internet e em dados de um questionário distribuído em comunidades virtuais. Em Portugal, como noutros países, fecharam-se as escolas. As famílias foram confinadas em casa e a pandemia realçou, numa sociedade desigual, a exclusão. Em que pesem os comprometimentos com a educação inclusiva, em Portugal esta orquestra-se por retóricas e ambiguidades políticas e teóricas, com inevitáveis tensões nas práticas. Com o fechamento das escolas, embora reconhecido o esforço de todos os agentes, a carência de competências e conhecimentos e a falta de acessibilidade a recursos afetaram a ação e aumentaram a exclusão de alguns alunos. Após a euforia, percebeu-se que a educação a distância não assegurou a continuidade e equidade nas aprendizagens. A participação de alguns alunos, antes com frágeis sintomas de inclusão, denotou claros sinais de exclusão. Os riscos de pobreza aumentaram. As desigualdades no acesso aos recursos digitais e das competências de literacia digital dos alunos, dos restantes membros da família e mesmo dos professores tornaram-se visíveis. A educação encarada, numa lógica neoliberal, como mercadoria sujeita às leis de mercado fragiliza a ação das escolas, mas estas continuam a ser responsabilizadas para superar, sem recursos e preparação, os processos de exclusão a que muitos alunos estão sujeitos. A inclusão como processo colaborativo e articulado numa lógica horizontal e vertical apresenta-se mais pertinente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joaquim Colôa, Universidade de Lisboa

Possui doutorado em Avaliação em Educação pelo Instituição de Educação da Universidade de Lisboa(2014).

Referências

ANGELONI, S. Integrated disability management: an interdisciplinary and holistic approach. Sage Open, [s. l.], p. 1-15, 2013. DOI: https://doi.org/10.1177/2158244013510303

CAMARGO, E. P. Inclusão social, educação inclusiva e educação especial: enlaces e desenlaces. Ciência & educação, Bauru, v. 23, n. 1, jan./mar. 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/1516-731320170010001

CASTELLS, M. A galáxia da internet: reflexões sobre internet, negócios e sociedade. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2004.

COLÔA, J. As oportunidades da nova lei em Portugal – dita que é para a (nova) inclusão. 2018a. Disponível em: https://www.slideshare.net/jcoloa/joaquim-cola-as-oportunidades-da-nova-lei-em-portugal-dita-que-para-a-nova-incluso. Acesso em: 15 ago. 2020.

COLÔA, J. Defender inclusão sem começar pelo fim. Diversidades, Funchal, n. 53, p. 9-13, 2018b.

COLÔA, J. Educação e formação no contexto da escola inclusiva – várias peças para um só puzzle. 2017. Disponível em: https://www.slideshare.net/jcoloa/educao-e-formao-no-contexto-da-escola-inclusiva-vrias-peas-para-um-s-puzzle. Acesso em: 2 ago. 2020

COLÔA, J. Educação inclusiva: um olhar organizado em 5 pontos de vista. 2019. Disponível em: https://www.slideshare.net/jcoloa/educao-inclusiva-um-olhar-organizado-em-5-pontos-de-vista. Acesso em: 15 ago. 2020.

COLÔA, J. Texto elaborado para a audição pública sobre o Decreto-Lei 54 de Julho de 2018. 2018c. Disponível em: https://www.slideshare.net/jcoloa/decreto-lei-54-de-julho-de-2018-joaquim-cola. Acesso em: 15 ago. 2020.

COUPER, M. P.; MILLER, P. V. Web survey methods. Public Opinion Quarterly, Oxford, v. 72, n. 5, p. 831-835, out. 2008. DOI: https://doi.org/10.1093/poq/nfn066

CUNHA, J. Da exclusão à inclusão: a escola completa do séc. XXI. In: COLÔA, J. (org.). Des|Confinar. Lisboa. CSC. Reticências, 2020. p. 40-57. Disponível em: https://www.slideshare.net/jcoloa/desconfinar-joaquim-cola. Acesso em: 13 ago. 2020.

DGE. Para uma Educação Inclusiva - Manual de Apoio à Prática. 2018. Disponível em: https://www.dge.mec.pt/sites/default/files/EEspecial/manual_de_apoio_a_pratica.pdf. Acesso em: 4 jun. 2020.

FEITOSA, L. R. C.; ARAÚJO, C. M. Pesquisas qualitativas em contexto da web: etnografia em debate. CONGRESSO IBERO-AMERICANO EM INVESTIGAÇÃO QUALITATIVA, 3. jul. 2014, Badajoz. Anais [...]. Badajoz, 2014. Disponível em: https://proceedings.ciaiq.org/index.php/CIAIQ/article/view/505/500. Acesso em: 2 abr. 2020.

FENPROF. O Ensino a distância (E@D) As perceções e a(s) palavra(s)dos professores. 2020. Disponível em: https://www.fenprof.pt/Download/FENPROF/SM_Doc/Mid_115/Doc_12667/Anexos/ED_-_a_percecao_dos_professores.pdf. Acesso em: 2 jul. 2020.

FOINA, Ariel. Métodos de aquisição de dados quantitativos na internet: o uso da rede como fonte de dados empíricos. Ciência & Trópico, Pernambuco, v. 30, n. 2, p. 283-296, 2011.

FREITAS, H.; JANISSEK, R.; MOSCAROLA, J. Dinâmica do processo de coleta e análise de dados via web. CONGRESSO INTERNACIONAL DE PESQUISA QUALITATIVA, CIBRAPEQ. 24 a 27 de mar, 2004, Taubaté, SP. Anais [...]. Taubaté, SP, 2004. Disponível em: https://pdfs.semanticscholar.org/7913/93382752ee1af68ff911506dc33f11383831.pdf. Acesso em: 2 abr. 2020.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

GRILO, E. M. Educação e Pandemia. Jornal Observador, 18 de jun. de 2020. Disponível em: https://observador.pt/opiniao/educacao-e-pandemia/. Acesso em: 13 ago. 2020.

GUINOTE, P. COVID-19 | Dia 9 – E onde ficam a “Equidade” e a “Justiça Social”?. Educare.pt, 2020a. Disponível em: https://www.educare.pt/testemunhos/artigo/ver/?id=165286&langid=1. Acesso em: 13 ago. 2020.

GUINOTE, P. COVID-19 | Dia 14 – a mentalidade presencial. Educare.pt, 2020b. Disponível em: https://www.educare.pt/testemunhos/artigo/ver/?id=165766&langid=1. Acesso em: 13 ago. 2020.

GUINOTE, P. COVID-19 | Dia 19 – O verdadeiro exame à inclusão. Educare.pt, 2020c. disponível em: https://www.educare.pt/testemunhos/artigo/ver/?id=165126&langid=1. Acesso em: 13 ago. 2020.

GUINOTE, P. COVID-19 | Dia 36 – Os entusiastas da pandemia. Educare.pt, 2020d. Disponível em: https://www.educare.pt/testemunhos/artigo/ver/?id=168027&langid=1 Acesso em: 13 ago. 2020.

GUINOTE, P. COVID-19 | dia 55 – absentismo remoto. Educare.pt, 2020e. Disponível em: https://www.educare.pt/testemunhos/artigo/ver/?id=169966&langid=1. Acesso em: 13 ago. 2020.

GUINOTE, P. COVID-19 |Dia 70 – Vamos Falar disto Mesmo a Sério? – 3. Educare.pt, 2020f. Disponível em: https://www.educare.pt/testemunhos/artigo/ver/?id=171746&langid=1. Acesso em: 13 ago. 2020.

KOLE, A. The main barrier to inclusion in education is the lack of public policy and financial support. In: Global Education Monitoring Report 2020, inclusion and Education: All means all. Paris: Unesco, 2020. p. 58-77.

LACLAU, E. Inclusão, exclusão e a construção de identidades. In: AMARAL JUNIOR, A.; BURITY, O. (orgs.). Inclusão social, identidade e diferença: perspectiva pós estruturalista de análise social. São Paulo: Annablume, 2006. p. 21-37.

LAPA, S. Encerramento das escolas: qual o custo para as crianças com perturbações da aprendizagem. Jornal Público, 29 de mar. 2020. Disponível em: https://www.publico.pt/2020/03/29/impar/opiniao/encerramento-escolas-custo-criancas-perturbacoes-aprendizagem-1909333. Acesso em: 22 jul. 2020.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Atlas, 2005.

MARCONI, M. de A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de pesquisa. São Paulo: Atlas, 1990.

MATOS, F. G. The Main Obstacle to Inclusion in Education is the Absence of Explicit Educational Legislation on the Learner’s Right to be Treated With Dignity in All School Contexts. In: Global Education Monitoring Report 2020, inclusion and Education: All means all. Paris: Unesco, 2020. p. 29-58.

MCCLAIN-NHLAPO, C. An Inclusive Response to COVID-19: Education for Children with Disabilities, Global Partnership for Education. 11 maio 2020. Disponível em: https://www.globalpartnership.org/blog/inclusive-response-covid-19-education-children-disabilities . Acesso em: 22 jun. 2020.

MORGADO, J. A partir de hoje com #estudo em casa. Atenta Inquietude, 20 abr. 2020a. Disponível em: https://atentainquietude.blogspot.com/2020/04/e-partir-de-hoje-com-estudoemcasa.html?fbclid=IwAR2vyHgJsA8BWBicyH-y1Gw6cNxI93yN0Nt7I7kFSsSWwtWoX4dJv0mPCMw . Acesso em: 22 jun. 2020.

MORGADO, J. Educação e ensino à distância, até onde vai a inclusão? Atenta Inquietude, 26 mar. 2020b. Disponível em: https://atentainquietude.blogspot.com/2020/03/educacao-e-ensino-distancia-ate-onde.html?fbclid=IwAR1kAgB26KQZrVhip_rxBWuA95T_W8ULyFolzKsydjtx4PUrcM75WRGDSlM . Acesso em: 22 jun. 2020.

MORGADO, J. De regresso ao lado B da educação inclusiva. Atenta Inquietude, 13 dez. 2019a. Disponível em: https://atentainquietude.blogspot.com/2019/12/de-regresso-ao-lado-b-daeducacao.html?fbclid=IwAR1G8d6iZ5TPpOEpLVkWbZb5c0htUsaQlvquP4oQqyxj1wLvDklw_B_Sroo . Acesso em: 15 ago. 2020.

MORGADO, J. O estado da educação inclusiva, um testemunho. Atenta Inquietude, 19 dez. 2019b. Disponível em: https://atentainquietude.blogspot.com/2019/12/o-estado-da-educacao-inclusiva-um.html?fbclid=IwAR16lBO0hEP0_iWhnR2LSeWaDV5-y3PY5pkiX--HyGJX1-zRftOga5SHWig. Acesso em: 22 jun. 2020.

NELSON, S. Cabe a diferenciação pedagógica numa medida prescritiva? In: COLÔA, J. (org.). Des|Confinar. Lisboa: CSC; Reticências, 2020. p. 92-95. Disponível em: https://www.slideshare.net/jcoloa/desconfinar-joaquim-cola. Acesso em: 13 ago. 2020.

NOGUEIRA, J. H. Capítulo 1 - DL 54/2018: Uma lei enganadora e perigosa. Especial Educação, 2020. Disponível em: https://especialeducacao20.blogspot.com/2020/09/cuidado-o-excesso-de-inclusao-pode-mata.html?spref=fb&m=1&fbclid=IwAR1eGmAYmPLU5tYz0M74N_oQB6eokg1OwdO_1is-Jq-8PNIGzq7Zq4M_oFA . Acesso em: 25 set. 2020.

OLIVEIRA, R. S. Como está a literacia digital de alunos e professores? Educare.pt, 13 mai. 2020. Disponível em: https://www.educare.pt/noticias/noticia/ver/?id=169986&langid=1. Acesso em: 2 jul. 2020.

PEREIRA, A. C. Famílias de pessoas com deficiência sobrecarregadas e com medo. Jornal Público, 13 de abr. 2020. Disponível em: https://www.publico.pt/2020/04/13/sociedade/reportagem/familias-pessoas-deficiencia-sobrecarregadas-medo-1911624?fbclid=IwAR2DQTOpEV6J3T9zy_aRJ9lpMfEZIvsg54pT80EyjDoXnsvgwA-o4Lmgcns. Acesso em: 22 jul. 2020.

PIRLS. PIRLS 2016 international results in Reading. 2016. Disponível em: http://timssandpirls.bc.edu/pirls2016/international-results/pirls/classroom-instruction/students-tired-and-hungry/. Acesso em: 2 jul. 2020.

PORTUGAL. Decreto-Lei 54/2018, de 6 de junho 2018. Estabelece o regime jurídico da educação inclusiva. Diário da República, Lisboa, n. 129/2018, Série I, 6 de julho de 2018. Disponível em: https://dre.pt/application/conteudo/115652961. Acesso em: 13 de ago. 2020.

PORTUGAL. Lei 116/2019, de 13 de setembro de 2019. Primeira alteração, por apreciação parlamentar, ao Decreto-Lei nº 5472018, de 6 de julho, que estabelece o regime jurídico da educação inclusiva. Diário da República, Lisboa, n. 176/2019, Série I, 13 set. 2019. Disponível em: https://dre.pt/application/conteudo/124680588. Acesso em: 13 ago. 2020.

REIMERS, F; SCHLEICHER, A.; SAAVEDRA, J. Supporting the continuation of teaching and learning during the COVID-19 Pandemic Annotated resources for online learning. OECD, 2020. Disponível em: https://www.oecd.org/education/Supporting-the-continuation-of-teaching-and-learning-during-the-COVID-19-pandemic.pdf. Acesso em: 7 set. 2020.

RICHMOND, E. Shop class, over zoom – how one career and technical high school is going remote. 2 mai. 2020. Disponível em: https://www.theatlantic.com/education/archive/2020/05/remote-career-technical-school-covid-19-pandemic/611047/. Acesso em: 5 jun. 2020.

SALVADOR, P. T. E. et al. Estratégias de coleta de dados nas pesquisas qualitativas da área da saúde: scoping review. Revista Gaúcha de Enfermagem, Rio Grande do Sul, 2020, p. 1-13. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rgenf/v41/pt_1983-1447-rgenf-41-e20190297.pdf. Acesso em: 14 ago. 2020.

SILVA, S. Em Lisboa ganha-se mais 1600 euros por ano do que no resto do país. Jornal Público, 7 de mai. 2019. Disponível em: https://www.publico.pt/2019/05/07/sociedade/noticia/lisboa-rendimentos-portugal-1871745. Acesso em: 15 mar. 2020.

SILVA, S. “Existe conhecimento” para que ensino à distância funcione, garante ministro. Jornal Público, 13 de mar. 2020. Disponível em: https://www.publico.pt/2020/03/13/sociedade/noticia/existe-conhecimento-ensino-distancia-funcione-garante-ministro-1907696. Acesso em: 15 mar. 2020.

SOLOMON, K. B. Conducting web-based surveys. Practical Assessment, Research & Evaluation, Massachusetts, v. 7, n. 19, ago. 2001. Disponível em: https://scholarworks.umass.edu/cgi/viewcontent.cgi?article=1102&context=pare. Acesso em: 2 abr. 2020.

TEIXEIRA, F. A interrupção e a hybris dos tele-educadores. Jornal Público, 1 de abr. 2020. Disponível em: https://www.publico.pt/2020/04/01/sociedade/opiniao/interrupcao-hybris-teleeducadores-1910424?fbclid=IwAR1Y7k2POV6THnhzDGqsNNiNqm_452K9eqXV4gn2EKS57UslqcyfOhjtJTw. Acesso em: 26 set. 2020.

TVI. Ensino à distância é um "remendo" e não solução para o futuro, diz secretário de Estado. 2 de jun. 2020a. Disponível em: https://tvi24.iol.pt/sociedade/educacao/ensino-a-distancia-e-um-remendo-e-nao-solucao-para-o-futuro-diz-secretario-de-estado. Acesso em: 14 ago. 2020.

TVI. Covid-19: Pandemia deixa deficientes em desigualdade na educação, terapias e apoios. 11 de set. 2020b. Disponível em: https://tvi24.iol.pt/aominuto/5e56645d0cf2071930699ff6/covid-19-pandemia-deixa-deficientes-em-desigualdade-na-educacao-terapias-e-apoios/5efe3d260cf2c4d7ff3fb87f. Acesso em: 25 set. 2020.

UNESCO. Empowering Students With Disabilities During the COVID-19 Crisis. 4 de mai. 2020. Disponível em: https://bangkok.unesco.org/content/empowering-students-disabilities-during-covid-19-crisis. Acesso em: 8 jun. 2020.

WADDINGTON, L.; BRODERICK, A. Promoting equality and non-discrimination for persons with disabilities. Strasbourg: Council of Europe, 2017.

ZANINI, M. Formulário eletrônicos. Trabalho de Conclusão de Curso. 2007. (Graduação em Ciências da Computação) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2007. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/184005/tcc-final-michelZanini.pdf?sequence=-1&isAllowed=y. Acesso em: 8 abr. 2020.

Downloads

Publicado

14-02-2022

Como Citar

COLÔA, J. Tempos de pandemia: quando os frágeis sintomas de inclusão se transformam em sinais de exclusão. Roteiro, [S. l.], v. 47, p. e27101, 2022. DOI: 10.18593/r.v47.27101. Disponível em: https://periodicos.unoesc.edu.br/roteiro/article/view/27101. Acesso em: 2 dez. 2022.

Edição

Seção

Seção temática: Políticas públicas, educação especial e processos de inclusão: perspectivas críticas