A ALTERIDADE NA EDUCAÇÃO ESPECIAL FRENTE A APAE: APONTAMENTOS TEÓRICOS

Autores

  • Yasmin Caroline Stanck Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Adriano Schlösser Universidade do Oeste de Santa Catarina - Campus Videira.

Resumo

Introdução: A APAE apresenta a função de promover o desenvolvimento e acolhimento da criança com deficiência, dispondo de serviços de saúde, educação e assistência social, o qual auxilia tanto os pais como as pessoas que ali  frequentam. Objetivo: A presente investigação de natureza teórica baseia-se no buscou identificar estudos sobre a alteridade no contexto da educação especial na APA. Método: Sendo um estudo de natureza teórica, a investigação foi realizada por meio de leitura de artigos científicos de forma não sistemática, sendo selecionados  22 artigos para análise. Resultados: Os resultados obtidos apontam que a alteridade com as pessoas com deficiência é um excelente método de respeito e empatia, tendo em vista que é necessário ser realizada diariamente. Assim, segue mostrando a necessária  importância da educação especial e o bom desenvolvimento frente as APAES, para estar atuando diretamente com os usuários.

Conclusão: O presente trabalho permitiu analisar a trajetória da APAE e da educação especial, visando observar o processo de alteridade das pessoas com deficiência na educação especial. A difícil inserção nos contextos escolares, e na sociedade em geral afetam diariamente a vida de cada um , porém a alteridade com o intuito de auxiliar nesse processo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Yasmin Caroline Stanck, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Introdução: A APAE apresenta a função de promover o desenvolvimento e acolhimento da criança com deficiência, dispondo de serviços de saúde, educação e assistência social, o qual auxilia tanto os pais como as pessoas que ali  frequentam. Objetivo: A presente investigação de natureza teórica baseia-se no buscou identificar estudos sobre a alteridade no contexto da educação especial na APA. Método: Sendo um estudo de natureza teórica, a investigação foi realizada por meio de leitura de artigos científicos de forma não sistemática, sendo selecionados  22 artigos para análise. Resultados: Os resultados obtidos apontam que a alteridade com as pessoas com deficiência é um excelente método de respeito e empatia, tendo em vista que é necessário ser realizada diariamente. Assim, segue mostrando a necessária  importância da educação especial e o bom desenvolvimento frente as APAES, para estar atuando diretamente com os usuários. Conclusão: O presente trabalho permitiu analisar a trajetória da APAE e da educação especial, visando observar o processo de alteridade das pessoas com deficiência na educação especial. A difícil inserção nos contextos escolares, e na sociedade em geral afetam diariamente a vida de cada um , porém a alteridade com o intuito de auxiliar nesse processo.

Adriano Schlösser, Universidade do Oeste de Santa Catarina - Campus Videira.

Doutor em Psicologia (UFSC). Pós-doutor em Psicologia do Esporte (UDESC). Docente do curso de Psicologia da Universidade do Oeste de Santa Catarina, Campus Videira. Pesquisador associado aos Laboratórios de Psicologia Social da Comunicação e Cognição (LACCOS UFSC), e de Psicologia do Esporte (LAPE UDESC).

Downloads

Publicado

10-11-2022

Como Citar

STANCK, Y. C., & Schlösser, A. (2022). A ALTERIDADE NA EDUCAÇÃO ESPECIAL FRENTE A APAE: APONTAMENTOS TEÓRICOS. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão, e31854. Recuperado de https://periodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/31854

Edição

Seção

Videira - Ensino