AUTOPERCEPÇÃO SOBRE VULNERABILIDADE CLÍNICO FUNCIONAL NO PROCESSO DE ENVELHECIMENTO

Autores

  • Gabriela Hollen Bertochi UNOESC
  • Ana Tais Zimmermann Unoesc
  • Gabriela A. H. BREUNING Unoesc
  • Sirlei Favero Cetolin Unoesc

Resumo

Introdução: Envelhecer é um processo natural que ocorre desde que nascemos e Envelhecer é um processo natural que ocorre desde que nascemos e pela legislação brasileira, uma pessoa é considerada idosa, a partir de 60 anos de idade. Objetivo: Realizou-se uma pesquisa que teve como objetivo analisar a autopercepção da população idosa sobre a vulnerabilidade clínico funcional no processo de envelhecimento.  Método: Foi feita uma pesquisa epidemiológica transversal de desenho quantitativo com idosos vinculados à Estratégia Saúde da Família residentes em um município da Região de Saúde do Extremo Oeste de Santa Catarina. A coleta dos dados, contou com a contribuição dos ACS para a aplicação do instrumento. Os dados foram coletados no segundo semestre de 2021, por meio do questionário Índice de Vulnerabilidade Clínico Funcional (IVCF-20). As condições de saúde consideradas foram: funcionalidade em atividades de vida diária, funcionalidade em atividades instrumentais de vida diária, sintomas depressivos, estado nutricional; comorbidade e polifarmácia. O Projeto foi submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) da instituição proponente (Unoesc) e a pesquisa somente foi realizada após a sua aprovação. Todas as precauções e requisitos referentes aos aspectos éticos de acordo com a Resolução 466/2012 foram observados. Resultados: Participaram da pesquisa 2.588 pessoas com 60 anos ou mais de idade, sendo 1.480 do sexo feminino (57,2%) e 1.108 do sexo masculino (42,8%), 73,3% possuíam entre 60 a 74 anos, 20, 3% possuíam entre 75 a 84 anos e   6,4% tinham 85 anos ou mais. Dentre os resultados obtidos, destaca-se que, 70,1% dos participantes demonstraram uma excelente, boa ou muito boa autopercepção de sua saúde, enquanto que, 30,0% relataram uma regular ou ruim autopercepção. Nas Atividades de Vida Diária (AVD) instrumental, 13,6% dos idosos deixaram de fazer compras por conta da saúde ou condição física, 9,7% deixaram de controlar seu dinheiro, gastos ou pagar suas contas e 10,1% deixou de realizar pequenos trabalhos domésticos e, nas AVD Básica, 4,2% deixaram de tomar banho sozinhos. Sobre a cognição, 23,3% mencionou esquecimento, 10,1% relatou que houve uma piora no esquecimento nos últimos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

10-11-2022

Como Citar

Hollen Bertochi, G., Zimmermann, A. T., BREUNING, G. A. H., & Cetolin, S. F. (2022). AUTOPERCEPÇÃO SOBRE VULNERABILIDADE CLÍNICO FUNCIONAL NO PROCESSO DE ENVELHECIMENTO. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão, e31004. Recuperado de https://periodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/31004

Edição

Seção

São Miguel do Oeste - Pesquisa