ESTÁGIO CONTÁBIL: JC INDÚSTRIA DE CORDAS LTDA

Autores

  • Camila Carniel
  • Juliana Fagundes Gonçalves
  • André Carlos Einsweiller UNOESC
  • Eduardo Rigo
  • Marcio Roberto Piccoli
  • Reginaldo Aparecido de Oliveira
  • Roberto Antônio Alves de Oliveira
  • Cleunice Fatima Frozza

Resumo

Introdução: As cordas são um importante material para as atividades de alpinismo, escalada, espeleologia e trabalhos em altura. Podem ser classificadas em estáticas e dinâmicas, porém na realidade as chamadas estáticas são cordas semi-estáticas que pela legislação possuem de 3% a 5% de elasticidade. A corda de poliéster (PET) é proveniente da reciclagem de garrafas PET, proporciona baixo custo e boa qualidade, muito utilizada nas áreas de pesca, transporte, construção civil, agropecuária e amarração em geral. Tendo como principais características, boa resistência a ruptura, média resistência ao atrito, fácil manuseio, ótima resistência a intempéries e se torna uma opção econômica. Ademais, a corda de polietileno é bastante utilizada na área naval, agropecuária, confecção de redes e piscicultura. Tendo como principais características, ótima resistência a ruptura, impermeável (não absorve líquidos), baixa densidade (flutua na água), pode ser embutida (somente cordas trançadas, para colocação de palitos de chumbo na confecção de redes) e é leve, com grande rendimento em metragem. Além disso, o potencial educativo na simulação de uma empresa dessas características permite aliar a teoria contábil na evidenciação das práticas fiscais, societárias e gerenciais. Objetivo: Avaliar a multitude de variáveis a serem levadas em conta na gestão de uma empresa desse tipo, com ênfase nos desafios associados com a carga tributária onerosa. Método: Elaborou-se a estruturação de uma indústria de cordas, com atuação no mercado nacional, um plano de negócios e planejamento operacional, considerando os aspectos contábeis, legais e comerciais, através de um visita técnica. Foram envolvidos 4 pessoas no processo, sendo que o estágio foi um processo de 1 ano. O estudo teve como base inicial a simulação de constituição de uma empresa voltada a fabricação de cordas de Poliester e Polietileno, possibilitou demonstrar suas técnicas e suas peculiaridades, registrando todos os atos e fatos ocorridos, por meio das técnicas contábeis, especialmente em relação aos custos, elaboração e análise das demonstrações contábeis.   Como forma de tributação teve a apuração pelo Lucro Real durante um período de três meses. A partir das fichas técnicas de produção e do desenvolvimento do processo produtivo, identificaram-se os custos de produção e as despesas necessárias à simulação do processo para o estágio. O processo de formação do preço de venda por meio do método Mark-up e dos cálculos da margem de contribuição para apurar ponto de equilíbrio, determinou a compra dos insumos para a produção, fabricação e venda dos produtos, finalizada com a escrituração das operações por meio de um sistema contábil/fiscal. Também, elaborou-se demonstrativos financeiros e calculou-se os indicadores financeiros.. Resultados: Os resultados demonstram que a empresa possui uma estrutura enxuta, sendo de 5 colaboradores; a margem de contribuição foi de 35% para a corda de poliéster e de polietileno; a tributação variou foi de 21,25% sobre o preço de venda; o preço de venda praticado foi de R$ 128,10 para a corda de poliester e R$ 255,86 para a corda de polietileno, sendo que a produção foi de 1.200 e 800 unidades, respectivamente. Conclusão: Os resultados demonstraram uma porcentagem de lucro considerada aceitavel para o ramo que a empresa está inserida. E, que para constituir uma empresa, o planejamento é essencial e indispensável, com análise de todas as variáveis existentes, tanto internas quanto externas. Com a obtenção de lucro líquido positivo já nos três primeiros meses de atividade, destaca-se o mês de janeiro, onde obteve seu melhor resultado, a JC Cordas apresentou índices de liquidez e rentabilidade favoráveis. Apesar disso, exibiu altos índices de endividamento, principalmente devido à busca por capital de terceiros para constituição da empresa. O teste de insolvência, também conhecido como Termômetro de Kanitz, demonstra que a empresa tende à continuidade com menor probabilidade de falência. Há indícios suficientes, portanto, de que a empresa é capaz de manter-se em funcionamento e gerar lucro. Para tanto, deve ser realizado um planejamento gerencial e administrativo eficiente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Carlos Einsweiller, UNOESC

Downloads

Publicado

10-11-2022

Como Citar

Carniel, C., Gonçalves, J. F., Einsweiller, A. C., Rigo, E., Piccoli, M. R., Oliveira, R. A. de, Oliveira, R. A. A. de, & Frozza, C. F. (2022). ESTÁGIO CONTÁBIL: JC INDÚSTRIA DE CORDAS LTDA. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão, e30956. Recuperado de https://periodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/30956

Edição

Seção

Joaçaba - Ensino