EXTRATOS VEGETAIS DE AÇAFRÃO-DA-TERRA NA PREVENÇÃO E CONTROLE DE DOENÇAS FOLIARES DO MILHO

Autores

  • Valdemir Paulinho Loss Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Alceu Cericato Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • André Sordi Universidade do Oeste de Santa Catarina

Resumo

Introdução: : No cultivo do milho, para a diminuição da incidência de doenças e aumento da
produtividade é necessário o uso de agrotóxicos. O açafrão -da-terra apresenta atividades
antifúngicas e antimicrobianas e vem sendo alvo de pesquisas para aplicação na agricultura.
Objetivo: Avaliar o potencial do extrato vegetal de açafrão-da-terra no controle e de doenças
foliares no milho e no aumento da produtividade. Método: Na área experimental do curso de
agronomia da UNOESC -Maravilha/SC. Foram definidas 30 parcelas com delineamento em
blocos casualizados com 6 tratamentos e 5 repetições. Os tratamentos foram compostos por
doses de 0,00 ml, 500mL, 1000mL, 1500mL, 2000mL e 2500mL por hectare; diluídas em água,
com a primeira aplicação após 45 dias da germinação e as demais a cada15 dias. Os dados
foram submetidos a análise de variância, aplicando o teste Fe o teste Tukey (P≤0,05) ao nível
de 5% de signific ância.. Resultados: A dose de 2000 ml/ha foi a que promoveu maiores
rendimento do milho e peso de mil sementes . Observou-se que a incidência de doenças
diminuiu com o aumento da dose de acafrão-da-terra, sendo as doses de 2000mL e 2500mL
com resultados mais promissores .. Conclusão: O presente estudo mostrou resultados
promissores referente a produtividade e sanidade do milho com uso de extrato vegetal de
açafrão-daterra nas doses de 2000mL e 2500mL por hectare.
Palavras-chave: Açafrão-da-terra. Doenças foliares. Produtividade de milho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

10-11-2022

Como Citar

Loss, V. P., Cericato, A., & Sordi, A. (2022). EXTRATOS VEGETAIS DE AÇAFRÃO-DA-TERRA NA PREVENÇÃO E CONTROLE DE DOENÇAS FOLIARES DO MILHO. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão, e31979. Recuperado de https://periodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/31979

Edição

Seção

PIBITI - CNPq