PLANTAS MEDICINAIS E EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM UM GRUPO DE TERCEIRA IDADE NA CIDADE DE XANXERÊ.

Autores

  • Francieli Fátima Alves Dias Jandrey UNOESC Xanxerê
  • Jackeline Campos de Oliveira UNOESC Xanxerê
  • Vitória Cantele UNOESC Xanxerê
  • Walisson de Jesus de Lima UNOESC Xanxerê
  • Danimar Paulo Martinelli UNOESC Xanxerê
  • Elisangela Bini Dorigon UNOESC Xanxerê
  • Silvia Mara Zanela Almeida UNOESC Xanxerê

Resumo

Introdução: O uso de plantas medicinais tem ocupado lugar de destaque nos dias atuais sendo objeto de pesquisas científicas nos mais diversos campos da ciência. Aliado ao conhecimento e a utilização das plantas medicinais pelas populações locais, tem-se a Educação Ambiental como formação e exercício da cidadania, caracterizando uma nova forma de encarar a relação do ser humano com a natureza, baseada numa nova ética, que pressupõe outros valores morais e uma forma diferente de ver o mundo e os seres humanos.  Objetivo: O objetivo foi avaliar na população de terceira idade o relacionamento destas com as plantas medicinais, a importância do cultivo para a qualidade de vida e como esta relação pode ser inserida no contexto da educação ambiental e da preservação das espécies. Método: O estudo foi realizado com grupo atendido pelo programa Universidade da Melhor Idade – UMIX da Unoesc Xanxerê, por meio de questionário composto por perguntas de múltipla escolha e abertas, sendo que os entrevistados puderam expressar suas opiniões, rotinas do dia a dia e a sua percepção com relação ao cultivo e ao conhecimento das plantas medicinais, e a importância destas em suas vidas. O questionário foi aprovado pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Parecer nº: 5.084.341).  Resultados: Os resultados encontram-se publicados nos Anais do VII Seminário Regional de Plantas Bioativas e Homeopatia e IV Jornada Sul Brasileira de Pesquisa em Plantas Medicinais e Homeopatia, evento realizado entre os dias 24/08/2022 – 25/08/2022 na Universidade de Passo Fundo - Rio Grande do Sul – Brasil, sendo este trabalho um dos destaques do evento. Também foi proporcionada uma visita técnica guiada para os participantes da pesquisa, onde eles puderam conhecer à estrutura do horto de plantas medicinais da Unoesc Xanxerê e onde realizou-se um espaço de debate e troca de ideias a respeito do assunto e abordagem com foco na educação ambiental e qualidade de vida.  Conclusão: Concluímos que o estudo permitiu compreender a maneira que as pessoas percebem e interagem com as plantas medicinais e a partir deste conhecimento propor atividades e ações voltadas à Educação Ambiental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

10-11-2022

Como Citar

Alves Dias Jandrey, F. F., Campos de Oliveira, J., Cantele, V., de Jesus de Lima, W., Martinelli, D. P., Bini Dorigon, E., & Almeida, S. M. Z. (2022). PLANTAS MEDICINAIS E EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM UM GRUPO DE TERCEIRA IDADE NA CIDADE DE XANXERÊ. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão, e31958. Recuperado de https://periodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/31958

Edição

Seção

Xanxerê - Pesquisa