CONTROLE DE INVENTÁRIO PATRIMONIAL: ESTUDO DE CASO NA PREFEITURA MUNICIPAL DE ERVAL GRANDE

Autores

  • Lucas Stoduslki Fantichele UNOESC
  • Daiane Pavan
  • Inocencia Boita Dalbosco

Resumo

O controle patrimonial é parte fundamental da administração pública, sendo assim, objetivou-se por meio deste analisar a gestão patrimonial, encontrando dificuldades e falhas relacionadas à falta de padronização dos procedimentos de controle e inventário patrimonial da Prefeitura Municipal de Erval Grande–RS. A proposta de padronização apresentou cinco etapas: aquisição, cadastro, responsabilização, movimentação e inventário. Por meio de entrevistas, percebeu-se que algumas etapas da padronização vinham sendo desenvolvidas de forma parcial, enquanto algumas etapas não vinham sendo desenvolvidas. Objetivou-se para correção dessas etapas, processos de orientação e capacitação dos gestores, visando corrigir essas falhas. Palavras chave: Controle. Inventário. Patrimonial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-12-18

Como Citar

Stoduslki Fantichele, L., Pavan, D., & Boita Dalbosco, I. (2022). CONTROLE DE INVENTÁRIO PATRIMONIAL: ESTUDO DE CASO NA PREFEITURA MUNICIPAL DE ERVAL GRANDE. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Chapecó, 7, e32431. Recuperado de https://periodicos.unoesc.edu.br/apeucco/article/view/32431

Edição

Seção

Área das Ciências Sociais – Relatos de caso