O USO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PELAS ESCOLAS: ANÁLISE DAS IMPLEMENTAÇÕES PÓS-PANDEMIA

Autores

  • Dilson Menoncin Jr Unoesc
  • Vanessa Agostini
  • Gabriela Luiza MARTARELLO Pedagogia Unoesc
  • Lucas Eduardo Cavalheiro FURLAN Pedagogia Unoesc
  • Mariana Mara da Silva VANIN Pedagogia Unoesc
  • Tainara Keller Ankler da SILVA Pedagogia Unoesc

Resumo

O USO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PELAS ESCOLAS:
ANÁLISE DAS IMPLEMENTAÇÕES PÓS-PANDEMIA
MENONCIN JUNIOR, Dilson1; MARTARELLO, Gabriela Luiza2;
FURLAN, Lucas Eduardo Cavalheiro3, VANIN, Mariana Mara da Silva4; SILVA,
Tainara Keller Ankler da5; AGOSTINI, Vanessa Wegner6.
1. Discente do Curso de Pedagogia, Universidade do Oeste de Santa Catarina; 2.
Discente do Curso de Matemática, Universidade do Oeste de Santa Catarina; 3.
Discente do Curso de letras-inglês, Universidade do Oeste de Santa Catarina. 4.
Discente do Curso, Universidade do Oeste de Santa Catarina. 5. Discente do Curso de
Pedagogia, Universidade do Oeste de Santa Catarina. 6. Docente dos Cursos de
Licenciatura EaD, Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC).
Área: Ciências da Educação
Introdução: A pandemia foi um impulso para que a educação básica recebesse
mais atenção com relação a necessidade de se equiparem quanto às tecnologias
da informação. Neste sentido, o poder público a nível municipal ou estadual
buscou equipar as escolas com diferentes recursos e profissionais da educação
precisaram buscar capacitação na área. Objetivo: O presente trabalho buscou
analisar a aplicabilidade da tecnologia da informação em escolas públicas do
oeste de Santa Catarina, a fim de verificar as possíveis ferramentas utilizadas e
como estas colaboram na construção do conhecimento dos alunos. Método:
Definiu-se como procedimentos metodológicos para o presente trabalho a
pesquisa exploratória de campo com abordagem qualitativa. Para coleta de
dados, foi aplicado um questionário com os gestores de cinco escolas, além da
observação dos espaços escolares e coleta de imagens. Resultados: Nas escolas
visitadas, percebeu-se a implementação das tecnologias de acordo com as
necessidades e recursos de cada instituição, na busca por aprimorar e implantar
novas tecnologias, a fim de alinhar a dinâmica do ensino com a utilização de
recursos tecnológicos. De acordo com os gestores, a tecnologia tem seus pontos
positivos, como a existência de várias plataformas digitais que otimizam o trabalho
do professor; e negativos, onde os professores estão totalmente despreparados em
meio a tantas informações e inovações. Conclusão: A partir da pesquisa realizada,
percebeu-se que apesar da inclusão digital na pandemia e pós-pandemia ter
aumentado significativamente, a utilização da tecnologia no processo de Ensino e
de aprendizagem é um recurso em que professores e gestores ainda não se sentem
totalmente preparados. Somado a este fator, tem-se ainda as políticas públicas de
governo, tanto estadual quanto em escolas municipais, não possuem um plano
adequado que supra as necessidades escolares. Após as análises feitas, foi possível
acreditar que a tecnologia traz inúmeros benefícios, se utilizada de maneira
24 a 28/10/2022 | ISSN 2237-6593
https://periodicos.unoesc.edu.br/siepe

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

10-11-2022

Como Citar

Menoncin Jr, D., Agostini, V., MARTARELLO, G. L., FURLAN, L. E. C., VANIN, M. M. da S., & SILVA, T. K. A. da. (2022). O USO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PELAS ESCOLAS: ANÁLISE DAS IMPLEMENTAÇÕES PÓS-PANDEMIA. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão, e31735. Recuperado de https://periodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/31735

Edição

Seção

Videira - Ensino