AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE SÉRICA E SALIVAR DA ADENOSINA DEAMIDASE (ADA) EM PACIENTES COM PERIODONTITE E GENGIVITE

Autores

  • Eloisa Ely Bressiani UNOES- São Miguel do Oeste
  • Silviane Cunico Carneiro Füchter UFFS. Chapecó
  • Eduardo Ottobeli Chielle UNOESC-São Miguel do Oeste
  • Sarah Franco Vieira de Oliveira Maciel UFFS. Chapecó

Resumo

Introdução: A periodontite é uma forma grave de gengivite em que a inflamação
das gengivas se estende paras as estruturas de suporte do dente, com o aumento
de marcadores inflamatórios. Como a Adenosina deaminase (ADA) tem sido
demonstrado em várias condições inflamatórias, pois possui um papel essencial no
crescimento normal, diferenciação e proliferação de linfócitos T, ela sua atividade é
considerada um sensível marcador inflamatório e de infecções. Deste modo, o
objetivo deste estudo foi avaliar a atividade sérica e salivar da ADA em pacientes
com gengivite, periodontite, comparando-os com pacientes saudáveis. . Objetivo: A
finalidade do estudo, expressa em uma ou duas frases. Método: Tratou-se de um
estudo transversal, com análise quantitativa, em pacientes com e sem o diagnóstico
de periodontite, organizados em três grupos: participantes saudáveis (N= 25),
gengivite (N= 25), periodontite (N= 32). Nestes pacientes foram coletadas amostras
de saliva e soro e nestas amostras foram determinadas as atividades da ADA através
de kit e metodologia comercial. Resultados: Foi observado um aumento significativo
da atividade salivar da ADA nos grupos com gengivite e com DP quando
comparados com o controle. Não houve diferença significativa da atividade sérica
da ADA nos grupos estudados, embora observou-se um aumento nos grupos
gengivite e com DP. Conclusão: Este estudo sugere que o aumento da atividade
salivar da ADA pode ser um achado importante para o diagnóstico e monitoramento
de gengivite, e especialmente na DP, uma vez que a ADA é um biomarcador
importante de processo inflamatório e infeccioso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silviane Cunico Carneiro Füchter, UFFS. Chapecó

Introdução: A periodontite é uma forma grave de gengivite em que a inflamação das gengivas se estende paras as estruturas de suporte do dente, com o aumento de marcadores inflamatórios. Como a Adenosina deaminase (ADA) tem sido demonstrado em várias condições inflamatórias, pois possui um papel essencial no crescimento normal, diferenciação e proliferação de linfócitos T, ela sua atividade é considerada um sensível marcador inflamatório e de infecções. Deste modo, o objetivo deste estudo foi avaliar a atividade sérica e salivar da ADA em pacientes com gengivite, periodontite, comparando-os com pacientes saudáveis. . Objetivo: A finalidade do estudo, expressa em uma ou duas frases. Método: Tratou-se de um estudo transversal, com análise quantitativa, em pacientes com e sem o diagnóstico de periodontite, organizados em três grupos: participantes saudáveis (N= 25), gengivite (N= 25), periodontite (N= 32). Nestes pacientes foram coletadas amostras de saliva e soro e nestas amostras foram determinadas as atividades da ADA através de kit e metodologia comercial.  Resultados: Foi observado um aumento significativo da atividade salivar da ADA nos grupos com gengivite e com DP quando comparados com o controle. Não houve diferença significativa da atividade sérica da ADA nos grupos estudados, embora observou-se um aumento nos grupos gengivite e com DP. Conclusão: Este estudo sugere que o aumento da atividade salivar da ADA pode ser um achado importante para o diagnóstico e monitoramento de gengivite, e especialmente na DP, uma vez que a ADA é um biomarcador importante de processo inflamatório e infeccioso.

Eduardo Ottobeli Chielle, UNOESC-São Miguel do Oeste

 Introdução: A periodontite é uma forma grave de gengivite em que a inflamação das gengivas se estende paras as estruturas de suporte do dente, com o aumento de marcadores inflamatórios. Como a Adenosina deaminase (ADA) tem sido demonstrado em várias condições inflamatórias, pois possui um papel essencial no crescimento normal, diferenciação e proliferação de linfócitos T, ela sua atividade é considerada um sensível marcador inflamatório e de infecções. Deste modo, o objetivo deste estudo foi avaliar a atividade sérica e salivar da ADA em pacientes com gengivite, periodontite, comparando-os com pacientes saudáveis. . Objetivo: A finalidade do estudo, expressa em uma ou duas frases. Método: Tratou-se de um estudo transversal, com análise quantitativa, em pacientes com e sem o diagnóstico de periodontite, organizados em três grupos: participantes saudáveis (N= 25), gengivite (N= 25), periodontite (N= 32). Nestes pacientes foram coletadas amostras de saliva e soro e nestas amostras foram determinadas as atividades da ADA através de kit e metodologia comercial.  Resultados: Foi observado um aumento significativo da atividade salivar da ADA nos grupos com gengivite e com DP quando comparados com o controle. Não houve diferença significativa da atividade sérica da ADA nos grupos estudados, embora observou-se um aumento nos grupos gengivite e com DP. Conclusão: Este estudo sugere que o aumento da atividade salivar da ADA pode ser um achado importante para o diagnóstico e monitoramento de gengivite, e especialmente na DP, uma vez que a ADA é um biomarcador importante de processo inflamatório e infeccioso.

Sarah Franco Vieira de Oliveira Maciel, UFFS. Chapecó

Introdução: A periodontite é uma forma grave de gengivite em que a inflamação das gengivas se estende paras as estruturas de suporte do dente, com o aumento de marcadores inflamatórios. Como a Adenosina deaminase (ADA) tem sido demonstrado em várias condições inflamatórias, pois possui um papel essencial no crescimento normal, diferenciação e proliferação de linfócitos T, ela sua atividade é considerada um sensível marcador inflamatório e de infecções. Deste modo, o objetivo deste estudo foi avaliar a atividade sérica e salivar da ADA em pacientes com gengivite, periodontite, comparando-os com pacientes saudáveis. . Objetivo: A finalidade do estudo, expressa em uma ou duas frases. Método: Tratou-se de um estudo transversal, com análise quantitativa, em pacientes com e sem o diagnóstico de periodontite, organizados em três grupos: participantes saudáveis (N= 25), gengivite (N= 25), periodontite (N= 32). Nestes pacientes foram coletadas amostras de saliva e soro e nestas amostras foram determinadas as atividades da ADA através de kit e metodologia comercial.  Resultados: Foi observado um aumento significativo da atividade salivar da ADA nos grupos com gengivite e com DP quando comparados com o controle. Não houve diferença significativa da atividade sérica da ADA nos grupos estudados, embora observou-se um aumento nos grupos gengivite e com DP. Conclusão: Este estudo sugere que o aumento da atividade salivar da ADA pode ser um achado importante para o diagnóstico e monitoramento de gengivite, e especialmente na DP, uma vez que a ADA é um biomarcador importante de processo inflamatório e infeccioso.

Downloads

Publicado

10-11-2022

Como Citar

Ely Bressiani, E., Cunico Carneiro Füchter, S., Ottobeli Chielle, E., & Franco Vieira de Oliveira Maciel, S. (2022). AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE SÉRICA E SALIVAR DA ADENOSINA DEAMIDASE (ADA) EM PACIENTES COM PERIODONTITE E GENGIVITE. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão, e30940. Recuperado de https://periodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/30940

Edição

Seção

São Miguel do Oeste - Pesquisa